Vindima: tradição ao ar livre em Bento Gonçalves

Vindima: tradição ao ar livre em Bento Gonçalves

Temporada entre janeiro e março oferece atrações que valorizam o turismo de experiência. A Vindima 2021 está recheada de atrações em Bento Gonçalves

Vindima em Bento Gonçalves

As vinícolas da Capital Nacional do Vinho, Bento Gonçalves, estão nos últimos preparativos para uma nova temporada de vindima. A época da colheita da uva acontece anualmente entre meados de janeiro e março e a expectativa é positiva tanto em quantidade como em qualidade da safra. Como o período coincide também com a temporada mais comum de férias, a época da vindima vem se tornando uma das que mais atrai turistas para a região Uva e Vinho, oportunidade onde os visitantes podem vivenciar experiências em meio aos parreirais.

Visita ao parreiral, colheita e pisa das uvas, curso de degustação, almoço harmonizado, lanche típico (merendim) e visita a caves são algumas das atrações que fazem parte da programação. É uma possibilidade da comunidade e dos turistas reviverem costumes e memórias dos colonizadores italianos da região e um período de celebração para produtores rurais, enólogos e suas equipes, após um ano de dedicação aos vinhedos.

“Passeios ao ar livre são tendência do turismo neste momento. Apostamos nos roteiros de vindima pois além do contato com a natureza eles oferecem o que chamamos de turismo de experiência, onde o visitante não apenas percorre os locais, mas participa do processo, podendo colher a uva direto no parreiral e até participar da tradicional pisa, em barris de madeira, ao som de um coral italiano”, destaca Andréia Zucchi, diretora executiva da Giordani Turismo e Eventos, que há 28 anos opera passeios referência na preservação e disseminação da cultura e aspectos locais .

Enóloga e uma das proprietárias da Vinícola Cristofoli, Bruna Cristofoli destaca que a antecipação na programação de passeios é essencial. “Estamos confiantes que será uma ótima vindima, tanto em passeios na vinícola  como em termos enológicos. Apostamos na vindima como a retomada do enoturismo, e o maior desafio será conciliar a alta demanda com as restrições ao número de clientes, por isso a importância da programação antecipada dos passeios”, afirma.

Deixe um comentário